A coroa gostosa e tesuda do trabalho

Na época eu tinha 21 anos e fui trabalhar em uma empresa multinacional na função de auxiliar de escritório. Meu chefe era muito chato e um pouco tempo de pois ele foi demitido e logo contrataram outra pessoa para assumir o seu cargo.

Quando conheci a minha nova chefe fiquei louco, pois era uma mulher linda, bem vestida e aparentava uns 40 anos, com um corpão, seios grandes, bunda grande, uma verdadeira deusa.

Ela era divorciada e tinha uma filha de 9 anos. Acontece que nessa época ela tinha um namorado, mas após um mês de trabalho ela me confidenciou que havia terminado com ele, pois não era uma mulher feliz e realizada.

Durante muito tempo conversávamos bastante. Ela me contava da sua vida, como era ser mãe e dona de casa, mas que lhe faltava algo. Logo, percebi que ela estava carente e precisava de um homem.

Em um de nossos papos ela me confidenciou que gostaria de ter uma experiência com alguém mais novo. Poxa! Isso me deixou louco, pois queria muito aquela mulher.

Em um certo dia ela me perguntou se eu tinha namorada e eu falei que não. Então, uns dois dias após essa conversa, ela me fez um convite para ir a sua casa na sexta, logo após o trabalho, pois sua filha iria ficar aquela final de semana com o pai dela.

Terminado o trabalho partimos para a sua casa e chegando lá, ela me entregou uma toalha e falo para tomar um banho e ficar bem cheiroso. Prontamente atendi o seu pedido e fui para o banheiro e deixei a porta escancarada já pensando em coisas libidinosas.

Estava passando xampu na cabeça e logo senti a porta do box se abrir, era aquela deusa maravilhosa completamente nua me perguntando se poderia tomar banho comigo. Balancei a cabeça dizendo que sim! Ela, então, começou a passar sabão no meu corpo me deixando excitado, logo meu pau subiu e ao virar de frente para ela, já estava abaixada e abocanhou meu pau fazendo um ótimo boquete, me segurei para não gozar logo.

Então, falei que agora era a minha vez de satisfazê-la e prontamente atendeu meu pedido. Comecei a passar sabão em seu corpo. Apertei os bicos de seus seios que já estavam bem durinhos e caí de boca como uma criança, sugando, passando a língua em volta de seus mamilos e chupei muito.

Após, desci até a sua daninha e comecei analisar e colocar meus dedos dentro dela, isso a fez ter o primeiro orgasmo. Percebi que estava todo trêmula e então a segurei para não cair no box e a chamei para irmos para o quarto.

Chegando no quarto comecei a beijá-la dos pés a cabeça e a joguei na cama e caí de boca naquela buceta maravilhosa e fiquei chupando por um longo tempo. Quando comecei a morder o seu grelinho e passar a minha em volta dele, ela começou a ficar louca de tesao me pedindo para parar, pois estava sentindo muitos choquinhos, mas não atendo o seu pedido e continuei o meu serviço e ela tentava fugir mais eu não deixava. Isso me deixava com mais tesao ainda, vez que adoro ver a minha parceira gozar e gozar e, somente, depois da mulher gozar que eu início o ato sexual.

Depois ela me chupou bastante e não aguentei e gizei em sua boca e ela bebeu todo meu leitinho. Ficamos nos beijando e logo meu pau deu sinal de vida e começamos um delicioso sexo.

Coloquei a cabeça do meu pau na portinha de sua xaninha e fui empurrando bem devagarinho e ela dava uns gemidos bem baixinhos e quando entrou tudo, comecei a acelerar os movimentos e a cada estocada mais forte ela me pedia mais e mais. Transamos de várias formas, sendo que a mais deliciosa foi quando a coloquei na beirada da cama e botei as suas pernas no meu ombro e enfiei meu membro naquela buceta maravilhosa e a cada movimento mais brusco ela ficava louca me pedindo mais forte e em um determinado momento ela tentou fugir de mim, pois estava trêmula e comas pernas bambas, mas continuei a acelerar os momentos e falei: “agora você vai gozar junto comigo”! Logo, gozei tudo dentro daquela buceta deliciosa e ficamos grudados na cama agarradinhos e nos beijos maravilhosos que dávamos.

Nesse dia não consegui comer o seu cuzinho, pois ela me confidenciou que nunca havia dado e não estava em condições naquele momento, vez que estava, ainda, com as pernas bambas e gostaria de tentar comigo um outro dia.

Depois fomos comer algo e beber um vinho assistindo TV! Ficamos bem agarradinhos e fazendo carícias um no outro e logo meu pau subiu de novo e ela caiu de boca e fez uma deliciosa chupeta até eu gozar novamente em sua boca, pois havia me dito que não aguentava transar de novo, pois sua buceta estava bastante dolorida e me convidou para passar o final de semana com ela e prontamente aceitei.

Acontece que não aguentei e no sábado acabei comendo o seu vizinho que nunca havia sido deflorado. Foi uma loucura total. Ela adorou e me disse que de agora em diante poderíamos transar de todas as formas e eu poderia comê-la de todos os jeitos e penetrar em todos os seus orifícios.

Nossa relação durou aproximadamente uns três anos e depois eu tive que mudar de cidade, pois recebi uma grande proposta de emprego, mas não queria ir. Mas, ela falou que era para eu aceitar a proposta e garantir o meu futuro.

Uma vez ou outra ela ia me visitar para se satisfazer, pois havia me dito que nenhum homem a fez gozar como eu a fazia.

Depois conheci uma mulher, me apaixonei e acabamos nos casando e acabamos perdendo contato um com o outro.

Adoro mulheres maduras, pois elas me deixam louco de tesao e amo dar amor a essas mulheres!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *