Dei Pro Amigo Do Meu Irmão

Olá, meu nome é Amanda. Esse é meu primeiro conto, espero que gostem! Atualmente tenho 18 anos. Sou morena, tenho bunda e seios grandes, um corpo que sempre chama atenção. Consideravelmente gostosa, podemos dizer.
Bom, isso se passou quando eu tinha 16 anos. Sempre fui bastante comunicativa e brincalhona. Os amigo do meu irmão volte e meia viviam aqui em casa. Mas tinha um em especial que sempre me chamou atenção. Gustavo tinha 19 anos, bem branquinho, malhado, tinha um estilo bem surfista e tinha namorada. Mas, sempre que podia soltava uma gracinha pra mim e até mesmo ousava passar a mão. Eu sempre adorei tal situação, amava que ele me desejava, mas sempre tive medo do meu irmão vê ou descobrir algo. Se passou. Até que um dia meu irmão me pediu justamente que eu fosse na casa do

Gustavo buscar uma coisa assim que saísse do colégio. Neste dia eu tinha aula de educação física então fui com uma blusinha curta e de shortinho de academia. Chegando na casa dele, ele veio me atender só só de calção e pediu que eu entrasse para procurar o negocio, aceitei. Eu estava nervosa com toda situação de está sozinha com ele, mas eu já não prestava muito e ele me guiou até o quarto dele. Sentei na cama e fique vendo ele procurar. Ele ficava falando que eu estava muito linda e o quanto aquela roupa me tinha me deixado sexy. Mandei ele parar, aliás, ele namorava. Ele veio até mim e sentou ao meu lado, falando que a namorada dele não era isso tudo. Apenas ri e fiquei quieta, logo em seguida ele disse sabia de umas histórias minhas na escola, onde eu aprontava com os pirralhos. Então colou a mão na minha perna e perguntou se eu já tinha pagado boquete pros moleques. Neguei. Ele disse que sabia e que eu não precisava me preocupar que não iria falar para meu irmão, mas que eu tinha que experimentar homem de verdade que me fizesse sentir prazer. Nisso ele foi chegando perto e deu um beijo no meu pescoço. Eu já estava excitada e querendo. Me beijou e eu retribui, foi subindo a mão e alisando meu corpo, colou a mão por dentro da minha blusa e foi apertando meus peitos. Ao que foi me beijando, foi me deitando na cama e ficando sobre mim. Desceu os beijos até meu pescoço, tirou minha blusa e o sutiã. Disse que meus peitos eram lindos e caiu de boca. Ele sabia exatamente o que estava fazendo. Ficava alternando entre mordidas e chupadas. Perguntava se eu estava gostando e eu apenas gemia baixinho. Me olhou sorrindo tirando meu short como um pedido de permissão e eu nada fiz. Essa hora eu já estava molhada ao extremo. Beijou minha barriga até chegar na minha buceta, deu uma lambida bem gostosa que delirei. Disse que meu mel era uma delicia. Finalmente caiu de boca em mim e me fez alucinar com aquela chupada. Chuvada, dava leves mordidas. Eu já gemia alto, sem me preocupar com quem iria ouvir, delirando com aquele homem me sugando. Gozei na boca dele. Ele limpou toda minha buceta e disse que queria minha boquinha no pau dele. Era um pau lindo, rosado de uns 18 cm. Comecei chupando bem gostoso a cabecinha do pau dele. Ele gemeu e segurou minha cabeça minha me fazendo por todo na boca. Chupei tudo. Lambi o saco dele e fui batendo uma punheta bem gostosa. Ele me chamava de Putinha, e falava que minha boca era uma delicia, o quanto queria me foder. Ele então, disse que eu só sairia dali quando desse a buceta pra ele. Deitou e pediu que eu fosse por cima. Colocou o pau na entradinha e botou só a cabecinha. Depois enfiou tudo de uma vez. Doeu de inicio e fiz quase fugi. Ele me segurou e começou a foder muito forte. Meu tesão foi ao extremo quando ele disse que eu era uma puta mal comida, e que merecia rola. Metia forte, gozei no pau dele. Me puxou e me colocou de quatro. Colou novamente de uma vez. puxou meu cabelo e foi socando muito forte, dando tapas na minha bunda e falando que um macho fode assim. Tirou o pau da minha buceta e mandou eu mamar. Gozou muito na minha boca e mandou eu engolir.
Caiu do meu lado exausto, descansamos um pouco. Me arrumei e ele me entregou o negócio que sabia exatamente onde estava. Me levou até porta e disse que seria nossa segredinho e que eu fodia pra caralho. Sorri e fui embora. Depois disso, tivemos outras histórias!
Tenho várias história do tanto que já aprontei.

Qualquer coisa, mandem-me um email [email protected]

3 thoughts on “Dei Pro Amigo Do Meu Irmão

  1. Procuro machos ou grupo de machos ativos para me enrabar sem dó de verdade. Podem me dominar e fazer TUDO que quiserem comigo, mesmo se eu pedir pra parar e precisar ser à força.

    Meu whatsapp +55 19 99481-8715.

    Tenho vídeos e fotos em
    Sou de Campinas/SP tenho local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *