Minha iniciação no BDSM

Olá, vou fazer um relato real de como fui iniciado na minha vida sexual e no mundo BDSM na mesma época. Meu nome é Paulo eu perdi minha virgindade por volta de 6 anos atrás. Eu tinha 17 anos, sou branquinho de cabelos escuros, gordinho com coxas grossas (bumbum um pouco grande, vergonha rs.) 14cm de pau, aos meus 17 anos eu ainda não tinha tanto pelo no corpo, apenas um pouco de pelos nas axilas, no pau e uma barba toda falhada.

Eu morava em São Paulo, Capital. Estudava de manhã e fazia curso técnico atarde, e anoite sempre ficava na internet caçando putaria e assistindo pornô, sempre hetero, com muita buceta e peitos, foi ai que comecei a assistir vídeos de BDSM e adorava ver aquelas mulheres sendo dominadas e se tremendo toda de prazer quando amarradas. Comecei a pesquisar sobre o assunto até que cai em um portal exclusivo para o assunto, tinha muitos artigos e vi que tinha muitos perfis femininos no site. É obvio q eu criei um perfil fake, aumentei a minha idade pra 22 anos, e me descrevia como dominador. Após aprender a usar as ferramentas do portal que tbm funcionava como fórum e tinha um bate papo interno, eu parti pra caça online.

Continue lendo Minha iniciação no BDSM…

Orgia onde aconteceu de tudo

Olá este conto é real e aconteceu alguns anos atrás e pretendo narrar alguns acontecimentos . Bom conheci Kátia uma linda garota de 24 anos , bunda média,seios firmes e pequeno, uma buceta pequena e muito bem desenhada. Se tornamos amigos e sempre adorávamos fazer juntos um sexo bem gostoso. Rolava de tudo , no começo tudo normal , sexo oral delicioso, comia sua buceta apertada e algumas vezes seu cuzinho apertado. A intimidade foi crescendo e olhando alguns vídeos de sexo juntos , ela demostrava o interesse de fazer algo diferente entre nós , e me pediu pra realizar suas vontades e desejos. Até aí tudo tranquilo…. Certo dia ela me ligou e disse pra mim me depilar tudo e deixar minha bunda bem lisinha assim fiz . Mais tarde me liga novamente e diz se poderíamos fazer a festinha aqui em casa pra no máximo 6 pessoas Continue lendo Orgia onde aconteceu de tudo…

Empregada doméstica da minha mãe

Ela se chama Nice é uma baixinha, magra, cabelo liso e morena e já trabalhavaalguns anos na casa da minha mãe e eu já não morava mais lá e um dia fu8 visitar a mãe e quando cheguei e a Nice veio abrir o portão e ela estava com um shortinho curto e soltinho e fala que não tinha ninguém em casa e foi andando e para e se abaixa para pegar algo no chão e deixou a vista aquela buceta enorme e lisinha e logo fiquei de pau duro e ela percebeu e foi a cozinha e eu fui tbm e logo fui e dei um sussurro no seu ouvidinho assim que eu gosto bem lisinha e ela esfregou a bunda no pau e disse, só olhando já ficou de pau duro safado e ela se ajoelhou e tirou pra fora e perguntou posso brincar com ele e eu disse ajoelhou tem que rezar e engoliu a cabeça e lambendo e eu perguntei vc faz garganta profunda e ela não sei se vai caber tudo mais vamos tentar e

Continue lendo Empregada doméstica da minha mãe…

Vizinha viúva e muito carente

Tem uma vizinha aqui perto, se chama rosy, tem seus 55anos, mais nem parece que tem essa idade, ela passou por aqui em casa e subiu as escadas e estava na janela e vi o conteúdo que ela tem uma bunda redondinha e lisinha a ainda parou bem na minha frente de propósito e colocou uma perna em cima do outro degrau e eu não resistir e quando ela voltou e eu falei assim vc vai me matar e ela gostou né safado e eu disse entra aqui que lhe mostro como amei e ela vc tá brincando com fogo e pode se queimar e eu não tenho medo do fogo mesmo e ela entrou e foi logo me jogando na cama e tirou a saia com tudo e começou esfregando a buceta grande na minha boca e disse chupa porra, vc não tava olhando e chupei com vontade e fui colocar o dedo no seu cuzinho e ela calma m, vc ainda nem passou a língua no meu cu e já quer enfiar o dedo, 1 tem que chupar e abriu a bunda chupa esse cuzinho gostoso e depois que ela deu a 1 gozada e foi descendo até o

Continue lendo Vizinha viúva e muito carente…

Como o negrão roludo me estourou

Meu nome é karina,tenho 28 anos sou nissei e casada com Paulo que é japones.sou branquinha tenho 160mt.60kg,seios medios,bumbum redondinho,coxas grossas. Desde que me casei minha vida sexual sempre foi boa e ativa e me realizava,mas com o passar dos tempos meu marido começou a alugar alguns videos porno que eu nem dava importancia,ele assistia e a gente faziamos amor gostoso. Mas um dia ele trouxe um video que so tinha negões e mesmo não asistindo direito pois não gostava muito, me interessei em ver aqueles pauzoes enormes ,nunca havia imaginado um homem ter um membro daquele tamanho,mas fingi não ter visto,mas aquele pauzao me encharcou inteira ,mesmo achando que jamais aguentaria uma pica daquela. Fiz amor com meu marido pensando no negão,e gozei muito nessa noite,e depois fui dormir,mas acabei sonhando com aquele negão. No dia seguinte,quando acordei meu marido ja tinha ido trabalhar e fui direto pegar a fita pra assistir aqueles deuses,quase não acreditava no que estava vendo,varias picas

Continue lendo Como o negrão roludo me estourou…

Crente Safada no Cio

Eu vou logo ao assunto Eu com 18 anos nao tinha um maior pudor nao andava com as minhas amigas que eu chamava de galinhas elas via um rapaz parecia que iam grudar no pescoso do cara elas tinham um tesao danado parecia umas eguas no cio guanto mais rapaz elas tinha mais queria elas transavam sete dias da semana se encontrarem macho . Entao eu ficava afastada delas achava tudo isso uma tremenda estupides…. Quanto eu ia para igreja no sabado a noite elas iam beber e transar com o primeiro rapaz que via e topasse comer elas no matel porque matel era no mato mesmo por isso matel….Eu na igreja no sabado encontrei elas na saida da igreja ja era 23 horas entao eu fui para casa elas me acompanharam falando para eu sair com elas se eu fosse junto suas mae liberava para elas sairem eu nao quis me meter

Continue lendo Crente Safada no Cio…

Dei para o amigo do meu filho

Caio e meu filho sempre foram grandes amigos desde a infância.
Como éramos vizinhos, eles sempre estudaram na mesma escola e a amizade deles se prolongou por décadas.
Eles só se separaram na hora da faculdade. Meu filho foi estudar nos Estados Unidos e Caio foi para um outro estado estudar veterinária.
Muitos anos se passaram até certo dia, quando estava chegando em casa, vi Caio caminhando pela rua. Ele já era um homem feito. Cabelos castanhos, corpo bem definido, mas sempre com aquele rosto de menino.

Continue lendo Dei para o amigo do meu filho…