Quando a pepeca e bonita nem o Tio se Segura.

Sou a Cristina e vou contar para vocês, como foi a vivencia do Tio José no Seio da família.Antes dele chegar, como não ficava homem nenhum em casa, ficava a vontade, não dando bola para calcinhas, em fim ficava com a pepeca de fora, com o Tio pelas cercanias, me corrigia mas muitas das vezes, esquecia que estava sem calcinhas e o Tio já estava cansado de ver minha boceta, que diga de passagem achava bonita, mas acho que ele gostava de ver pois nunca chamou me a atenção.
E isso começou a martelar na minha cabeça.
Estando eu e o Tio na sala assistindo TV, pois o resto da prole já tinham se recolhido, quis por a prova o Tio.
Como sempre estava sem calcinha e me recostei no sofá de um tal jeito que ele de onde estava pudesse ver minha boceta.
Fingi que pegara no sono, abrindo mais as pernas, deixando a boceta arreganhada, para ver a reação do Tio.


Ele se levantou abaixou o som da TV, veio e ficou de pertinho apreciando o que carregava entre as pernas, ficou bastante tempo olhando, me pegou no colo e me levou para meu quarto, lá chegando, colocou me na minha cama de um tal jeito que minha saia subiu vindo parar nos seios, como sou sacana e sabia que Tio José nunca tinha visto meu bum bum. Me virei de bruços, deixando um lindo rabo
A disposição do Seu José.
Com o rabo do olho, vi que ele não despregava o olho do meu bum bum. E que se sentando na beirada de minha cama, com muito jeito, alisou a dita cuja bunda.
Fiquei quietinha, quando ele se levantou foi em direção a porta e apagou a Lâmpada, agora com o escuro, podia abrir os olhos e ver o que ocorria, sem ser notada.
E meu coração foi a mil, quando vi o Seu José tirando a roupa e ficando todo pelado.Passou mil pensamentos pela cabeça, meu rabo piscava de felicidade, mas ao mesmo tempo, fiquei com medo pois seria a seco, não pensei em passar antes o lub.
Seu José, deitou se do meu lado e para se certificar que não iria acordar, alisou me as costa, descendo as mãos até minhas nádegas.
Estava adorando o teatrinho que engendrara.
Com todo carinho o tio encostou no meu rabo, a cabeça de sua pika, que senti estar toda babada, que delicia, estava viajando e liberando a entrada para aquele audacioso invasor arreganhei me o quanto pude e com carinho e cuidado para não me acordar, sentia a pica me invadindo, não demorou nada, para que aquele pau esfomeado, estivesse todinho dentro de mim.
Gozei baixinho sem me mexer, mas queria mais, e tentando me virar, sem poder, senti os ovos do meu amante colar na minha bunda, ficamos bastante tempo naquela posição, foi quando senti alguma coisa me queimar por dentro, era o esperma de seu José que gozando, enchia me de leite.
Para meu azar ele se desgrudou de mim, se limpou na minha camisola que se encontrava em cima de um criado mudo, deu um beijo na minha bunda e saiu para seu quarto.
Não resistindo vesti a camisola suja de esperma e alisando a boceta toquei uma punheta antes de dormir.
Não consegui conciliar o sono.
Levantei me, bati na porta do quarto do tio, que acordando assustado perguntou o que acontecera, falei que tinha tido um pesadelo, onde um homem tinha me agarrado e feito safadeza comigo, estava com medo e queria que ele dormisse perto de mim.
O Tio José muito caridoso se prontificou, fomos para meu quarto, pedi que me esperasse que ia me banhar e o fis, colocando um baby dol transparente e sem calcinhas.
Deitei bem agarradinha ao Tio e ao sentir o volume da pika no pijama.
Minha pepeca, se sentiu radiante de felicidade.
Mas isso e tema para outro relato.
Obrigado aos que lerem e beijinhos na boca, daqueles que tocaram punheta com o relato.
Cristina.

26 thoughts on “Quando a pepeca e bonita nem o Tio se Segura.

  1. Gozei lendo batendo uma bela punheta com minha rola grossa e cabeçuda imaginando um cuzinho gostoso de uma novinha bem puta e bem safada. Meu zap 11-95464-8431

  2. Sou casado porém não tenho filha mais eu sou viciado em ver vídeo ou audio de pai fudendo com a filha ou tio com sobrinha meu zap é (062) 9 94 44 30 27 MINHA ESPOSA NÃO SABE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *