Um dia ai..

Iae, meu nome é Lucas e vou falar de um dia que até eu não acredito que realmente aconteceu.

Pra começar essa história, não posso deixar de falar a principal pessoa dele, minha Tia. Ela ainda é nova e, desde que a vi pela primeira vez, já achava ela bem bonita. O nome dela é R…..!

Eu ia de vez em quando na casa dela quando tinha chance por 2 motivos. O primeiro é que, lá eu era livre, e o segundo é pra ver ela.

Num dia que eu fiquei lá, todo mundo ia sair, incluindo eu, mas decidi ficar pra resolver umas coisas (neste dia ela não estava lá pois tinha ido trabalhar e ia chegar tarde). Eu fiquei lá sozinho, de boa. Algumas horas depois ela chegou e me deu oi e tals.. Foi pro quarto e depois foi tomar banho, e eu fui pro quarto tentar dormir. Uns minutos depois ela entrou no quarto, acho que ela achou que eu já estava dormindo. Ela entrou só de blusa e calcinha e, não sei se foi de propósito, mas, ela abaixou pra pegar alguma coisa e fiquei naquela posição por um minuto ou mais. Eu estava de olhos entre-abertos só olhando pra ela, vendo ela quase de quatro na minha frente. Não aguentei ficar parado e fingi me estava me mechendo dormindo. Ela olhou pra mim e quase não se mecheu. Voltou a procurar alguma coisa na mesma posição. Olhei denovo e pensei: -Não é possível que ela ta me provocando… Eu já tava de pau duro pensando em meter nela ali mesmo no chão e, foi isso que eu fiquei pensando até que.. Vi que ela tinha achado o que estava procurando e foi na hora que eu pensei: -Putz, ela vai levantar logo agora que eu tava me divertindo. Foi na hora que ela botou a caixa no chão e fiquei ali na mesma posição procurando outra coisa. Nem tentei me segurar, levantei devagar e ajoelhei atrás dela bem devagar e..

Eu bem devagar mesmo botei a calcinha dela pro lado. Ela já tinha percebido claro, e olhou pra mim e disse: -O que ta fazendo? Ta doido é? Só olhei pra ela e falei: -Shh, calma, só a cabecinha. Meti nela e ela gemeu um pouco auto e eu botei a mão na boca dela e começei a meter mais forte. Ali mesmo no chão puxei a calcinha dela mais pra baixo e continuei comendo ela. Ela sem reação só gemendo e gemendo e eu não conseguia parar de meter naquela bucetinha dela, só queria comer ela mais e mais. Puxei ela pra cima, joguei ela na cama e continuei, e ela só gemendo. Depois de uns minutos, senti que ia gozar e tirei meu pai me dentro dela e gozei na barriga dela. Ela ficou gemendo baixinho e olhou pra mim. A gente ficou se olhando e eu sem saber o que fazer só falei: -DESCULPA, desculpa, desculpa Tia, não consegui me segurar com você ali no chão daquele jeito.. (desesperado com o que ela ia dizer). Ela sentou na cama e botou o dedo na minha boca: -Shh, olha, ninguem pode saber disso ta?! Nossa… e deitou na cama e ficou parada. Eu sentei na outra cama e fiquei pensando e pensando: -Mano, o que que eu fiz?! Ela gostou ”vei”?! COMO ASSIM!!!! Ela olhou pra mim e disse: -Ei, kkk, que foi?!. Ajoelhou e começou a me mamar devagar falando: -Fica assim não, isso foi tão bom!… Quando eu ouvi alguém abrindo o portão pensei: -FUDEU!. Ela parou de me mamar e foi para o banheiro quase correndo. Vesti meu Short e fingi que tava dormindo.

Depois desse dia eu tive uma nova visão da minha Tia. Completamente diferente do que eu pensava dela…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *