Viciada em Sexo Anal

Conheci muitas mulheres naquele chat. Fiz a volta na grande PoA só conhecendo mulheres. Todas elas gordinhas deliciosas.
Um dia no trabalho, recebi uma mensagem, era mais uma gordinha. Renata era seu nome. Ela morava em Canoas na casa da irmã. Ficamos alguns dias conversando. Nessas conversas, Renata confessou que adorava sexo anal. E que queria dar a bunda pra mim. Marcamos de nos encontrar numa estação do trensurb que ficava perto pra nós dois. Cheguei antes, então fiquei esperando. Daqui a pouco chega uma mensagem no chat:


– Cheguei, meu gostoso!
Fiquei olhando pra ver quem vinha. De repente surge uma morena linda, gordinha, uma delícia. Peguei Renata pela mão e fomos direção ao motel. Quase chegando, beijei sua boca e meti a mão na buceta dela, ali na rua mesmo. A gordinha delirou de prazer.
Entramos no motel, pedi um quarto e fomos nos divertir. Tomei banho e depois ela foi se arrumar. Quando voltou, veio com uma lingerie preta, super sensual. A gordinha sabia ser sexy.
Veio pra cama e já caiu matando no meu pau. Chupava com força. Com vontade. Uma delícia de boquete.

Deitou abriu as pernas e disse:
– Meti essa língua safada em mim!
Chupei ela todinha… buceta e cu, cu e buceta. Ela me xingava e gozava.
Ficou de 4 e pediu pica.
Meti naquele rabo gostoso. Ela gozava e dizia que amava o meu pau. Depois de uns 15min fodendo aquela buceta gostosa, ela pediu:
– Meu amor, não esquece… come o meu cu!
Só me ajeitei, lambi o cuzinho e meti.

Renata gemia alto e dizia:
– Mete, amor… mete no meu cu! Que pau gostoso, esfola o meu cu!!
Comi aquele cu com muita vontade. Depois de muito foder, gozei muito na cara dela.
Ela esfregava a porra na cara, bem puta.
Passamos 2h no motel, fiquei a maior parte do tempo comendo o cu dela. Era viciada em sexo anal.
Essa foi a nossa 1a transa. Depois eu conto como foram as outras. Inclusive um show que ela fez pra mim na webcam usando um vibrador.
Espero que tenham gostado de mais um relato real. Até mais!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *