Vizinho…

Era um dia de verão…
Estava muito calor…
Coloquei um vestido, daqueles bem curtinhos para ver se refrescava um pouco
E me pus a faxinar a casa.
Coloquei uma música alta…
E tocaram a campainha…


Eu já toda suada da faxina, do calor…
Fui abrir a porta…
Era o meu vizinho gato…
(Nos conhecemos só de bom dia ou boa tarde, sabe?)
Perguntei o que ele queria..
E antes que me respondesse,
Vi os olhos dele descendo pelo meu corpo…
Desde minhas mãos ajeitando meus cabelos…
Descendo pelo meu pescoço suado,
Pelo meus seios quase à mostra num decote provocante…
A sai do vestidinho meio grudado nas coxas, por conta do suor…
Eu o vi engolir em seco…
Voltou o olhar nos meus olhos…
“E então, posso ajudar?” – Perguntei…
Ele: “nossa… me desculpe, mas, …’
E colocou a mão nos meus quadris…
“Ei… oq eu é isso homem?”
Me colocou em seu colo, fechou a porta e me levou para dentro…
Ele, alto, bem mais alto que eu
Com seus lindos olhos verdes…
Gordinho lindo…
Que furor!!!
Me deitou no sofá e se deitou sobre mim…
Eu perguntava: “o que vc está fazendo?”
Me lascou um beijo na boca com vontade
Enquanto sua mão entrava sob meu vestido…
Num minuto já estava com o dedo na minha vagina…
Beijando o meu pescoço…
(como em minha sã consciência eu poderia parar se sempre quis paquera-lo?)
Puxou o decote de lado enquanto abocanhava um de meus seios
Joguei a cabeça pra trás…
Enfiou mais um dedo na minha bucetinha…
Com movimentos rápidos…
Pegou meu cabelo pela nuca, segurando forte…
E socava, num movimento de vai e vem, sua mão dentro de mim…
Já está molhadinha…
(Beemmm molhadinha)
Ele se levantou e me puxou para a ponta do sofá…
E me chupou com vontade…
(Ô gordinho safado esse… delícia)
Estava me pondo louca…
Lambia com vontade…
Toda a sua boca me lambuzando ainda mais…
Estava a ponto de gozar…
E então ele me pega pelos cabelos
(não sei como ele faz isso)
Com suavidade mas, com pegada…
E colocou seu pau na minha boca…
Rígido, duro e melado já…
E voltou a me enfiar os dedos…
Não queria olhá-lo…
Ele segurava meu rosto para que eu pudesse olhá-lo enquanto fazia aquele boquete
Ele urrava…
Me puxou pelas mão e me levou para a cama…
Me colocou bem na beirada para que pudesse me penetrar….
Forte
De uma vez…
Gritei.
Que delícia…
E ele socava
Socava
Socava forte…
Eu já quase gozando (de novo! Mudou de posição)
“Vou mata-lo”
Deitou e pediu que eu me sentasse nele…
Sentei…
Pqp que pau gostoso…
“Rebola pra mim”
Rebolava com gosto pq o tesão tava foda…
Ele sentou tb
O pau roçando forte minha buceta
Ele segurando meus cabelos
Me beijando a boca sem parar
Acelerando cada vez mais…
A gente quase explodindo de tesão
E mais rápido
Bombando, bombando…
Ahhhh…
Gememos e gozamos juntos…
Pqp
A campainha tocou…
E eu acordei…
Toda molhada…
Fui ver quem era..
Pqp, meu vizinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *